Doenças pneumocócicas

As infecções pneumocócicas são mais comuns nos extremos da vida, em menores de 2 anos e maiores de 65.

O pneumococo é uma bactéria causadora de várias doenças graves, é responsável por quadros de meningite, pneumonias e septicemia, com altas taxas de mortalidade ou de sequelas. Causa também doenças de vias respiratórias altas, como sinusites e otites.

Vacinas disponíveis : polissacarídica 23 valentee conjugada 13-valente. A conjugada (13) esquema de tres doses e um reforço, a polissacaridica em dose única.

1 - Pneumocócica Polissacarídica 23 v (VPP23)

Foi a primeira a ser desenvolvida e protege contra 23 tipos da bactéria. É indicada para todos os indivíduos acima de 65 anos e para indivíduos maiores de dois anos de idade que apresentem alguma doença de base, como doenças cardiovasculares ou pulmonares, diabetes, cirrose hepática, insuficiência renal, pacientes com deficiência de imunidade (HIV positivos, indivíduos em tratamento quimioterápico ou em uso de imunossupressores).

Não é eficiente para menores de dois anos e necessita de reforços a cada cinco anos. Tem raros efeitos adversos, podendo ocorrer dor local, com edema e inchaço e, mais raramente, febre após a aplicação.

VANTAGEM: Amplo espectro
FRAGILIDADE: Antígeno T-independente

2 - Pneumocócica conjugada 13-valente (VPC13)

A vacina pneumocócica conjugada 13-valente protege contra os 13 sorotipos da bactéria pneumococo, causadora da meningite, otite e pneumonia, que mais atingem as crianças em todo o mundo. E também protege contra os tipos mais prevalentes no Brasil. A vacina inclui os sorotipos 4, 6B, 9V, 14, 18C, 19F, 23F,1,3,5,6A,7F e 19A). Esses sorotipos presentes na vacina Pneumocócica conjugada 13-valente são frequentemente associados com maiores casos de reincidência e também de doença invasiva. "Esta vacina tem potencial de cobertura de 92% da doença pneumocócica invasiva em crianças menores cinco anos". "A proteína utilizada nesta vacina, CRM 197, tem mais de 20 anos de história e é a única usada com segurança em milhões de crianças em todo o mundo".

Vacinas Conjugadas

VANTAGEM: Antígeno T-dependente
Elimina o estado de portador
IgG de longa duração
Imunogênica a partir de 2 meses

ANVISA amplia prevenção da pneumonia

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou recentemente a aplicação da vacina pneumocócica conjugada 13 valente em adultos acima de 50 anos para prevenir a pneumonia. A doença é responsável por mais de 900 mil internações por ano e é a quarta causa de morte no Brasil, especialmente entre pessoas com mais de 65 anos.

Esquema de Doses para adultos e idosos:

Iniciar com dose única de VPC13 -> 06 meses uma dose de VPP23 Uma segunda dose de VPP23 deve ser aplicada 5 anos após a primeira.

Nos pacientes de risco (diabetes, DPOC, câncer, asplenia, HIV, imunodeprimidos, cardiopatas, renais crônicos e outros) primeira dose VPC 13 e 2 meses após VPP23, uma segunda dose de VPP23 deve ser aplicada 5 anos após a primeira.

Formulário de Contato

Mensagem Enviada com sucesso.
Erro ao enviar sua mensagem.